SITUAÇÃO LEGAL: Reconhecido pelo Decreto n.° 46459, de 18/7/59, publicado no DOU de 28/7/59.

 

CONCEITOS OBTIDOS NAS AVALIAÇÕES PROMOVIDAS PELO MEC

PROVÃO

Ano de 1997 – C

Ano de 1998 – C

Ano de 1999 – C

Ano de 2000 – B

Ano de 2001 – A

Ano de 2002 – C

Ano de 2003 – C

ENADE      Ano de 2005 – 4

 

 

 

 

 

 

 

 

 

CARGA HORÁRIA TOTAL: 3675h

 

INTEGRALIZAÇÃO CURRICULAR

Tempo mínimo – 5 anos

Tempo máximo – 9 anos

 

TURNO PREFERENCIAL DE FUNCIONAMENTO: manhã – tarde

 

OBJETIVO

A Engenharia Química abrange a criação, o desenvolvimento, o projeto, a implantação, a operação e o controle de processos e equipamentos envolvidos na transformação da matéria-prima em produtos, bens e serviços.

Essas transformações podem ser de estado, de energia, de composição ou de estrutura. Assim, a Engenharia Química é multidisciplinar, envolvendo: Química, Física, Biologia, Matemática, Economia, Informática, Automação,  Administração, Planejamento, Meio Ambiente e Relações Humanas.

 

PERFIL VOCACIONAL DO ALUNO

-Afinidade com as Ciências e a Matemática;

-Disposição para atuar em equipes multidisciplinares;

-Criatividade;

-Poder de Concentração;

-Habilidade de leitura em língua estrangeira;

-Curiosidade científica;

-Personalidade metódica e detalhista;

-Espírito de liderança e pró-atividade;

-Capacidade de comunicação oral e escrita;

-Capacidade de desenvolver raciocínio lógico.

 

COMPETÊNCIAS E HABILIDADES

Atuação em diversos ramos das indústrias de processos químicos baseadas na extração, separação, combinação e uso de produtos e subprodutos químicos, como: fertilizantes, catalisadores, gases industriais, tintas, vernizes, lacas, pigmentos e corantes, petroquímicos, polímeros, plásticos, resinas sintéticas, papel, produtos de borracha, sabões, detergentes, perfumes, óleos, gorduras, fibras sintéticas, têxteis, biocombustíveis, entre outras.

As áreas de atuação profissional do engenheiro químico são: projeto; processo; produção; pesquisa e desenvolvimento; tecnologia; meio ambiente e segurança; vendas; consultoria econômica, financeira e jurídica.

A Engenharia Química está envolvida na pesquisa e no desenvolvimento de novos setores: química fina; engenharia biomédica, biotecnologia; informática; ciência dos materiais; ciências do ambiente, etc.

 

INFRAESTRUTURA DISPONÍVEL

O curso de Engenharia Química possui laboratórios onde se desenvolvem as atividades práticas de ensino, distribuídos nos Campi Carreiros e Cidade:

– Laboratório de Química Geral;

– Laboratório de Química Analítica;

– Laboratório de Físico-Química;

– Laboratório de Química Orgânica;

– Laboratório de Análise Instrumental Química;

– Laboratório de Fenômenos de Transporte;

– Laboratório de Operações Unitárias;

– Laboratório de Controle Ambiental;

– Laboratório de Controle de Processos Químicos;

– Laboratório de Termodinâmica e Processos Químicos;

– Laboratório de Engenharia de Bioprocessos.

Todos os laboratórios apresentam infraestrutura básica, como instalações de água, ar comprimido, vapor, gás, energia elétrica e sistema em rede Ethernet e Internet.

 

ESTRUTURA CURRICULAR

O curso oferece matérias de:

Formação básica

Desenho, Eletricidade, Matemática, Física, Química, Mecânica, Processamento de Dados;

Formação geral

Humanidades e Ciências Sociais, Economia, Administração, Ciências do Ambiente.

Formação profissional geral;

Química Analítica, Química Orgânica, Físico-Química, Instalações Industriais, Operações Unitárias, Processos Químicos, Fenômenos de Transporte, Termodinâmica Química e Cinética e Cálculo de Reatores.

Formação profissional específica e matérias complementares.

Controle de Processos Químicos, Bioquímica, Águas Industriais e de Consumo, Tratamento de Efluentes, Controle de Emissões Aéreas, Tecnologias Orgânicas, Tecnologias Inorgânicas, Engenharia de Segurança, Planejamento e Projetos e Estágio Supervisionado.